Inicio
Alabama
Arizona
California
Florida
Georgia
Idaho
Illinois
Indiana
Iowa
Kentucky
Louisiana
Maine
Maryland
Minnesota
Mississippi
Missouri
Nevada
New Jersey
New Mexico
New York
North Carolina
Ohio
Oklahoma
Oregon
Pennsylvania
South Carolina
Tennessee
Texas
Utah
Virginia
Washington
West Virginia
Wisconsin

 

 

 

 

 




 

 

 

 

West Virginia é o estado mais montanhoso do leste do país, situado na região das montanhas Apalache. Uma jornada por estas terras revela uma sucessão quase infindável de vales, rios e matas, que se alternam aos poucos e formam um cenário que pode ser considerado como uma ode à natureza. Por aqui não há cidades grandes, transito engarrafado ou poluição. Como dizem os nascidos em West Virginia, isto aqui é quase o céu. A imagem ao lado foi feita junto ao State Capitol, situado na cidade de Charleston. Ela tem uma população de cinqüenta e sete mil habitantes, área de dez quilômetros quadrados e pode ser atravessada de ponta a ponta em oito minutos. É a maior do estado.

   

O que se pode esperar encontrar em West Virginia? Matas, galpões de madeira, folhagens coloridas de outono, cavernas, fontes de águas minerais e também muitos animais selvagens como coelhos, castores, esquilos e veados. No centro do estado situa-se a região conhecida como Mountain Lakes, que ganhou este nome graças à grande quantidade de lagos e riachos. Um de seus trechos mais bonitos é ocupado pelo Audra State Park, próximo à cidade de Buckhannon. Outra alternativa é o Holy River State Park, perto de Hacker Valley, onde também se encontram desde pequenos hotéis a chalés no meio da mata para alugar e passar algum tempo longe de tudo. West Virginia é, acima de tudo, um lugar onde o verde predomina.

 

O território de West Virginia foi criado após a guerra civil americana. No início do conflito o estado de Virginia estava dividido entre aqueles que eram a favor da abolição da escravidão (a metade à oeste do estado) e os que eram contra (a metade leste). Os motivos para esta divisão estavam relacionados às diferentes atividades econômicas predominantes em cada metade do estado, e sua dependência ou não da mão de obra dos escravos. Durante a guerra estas rixas se aprofundaram e fizeram com que, muitas vezes, vizinhos ou parentes defendessem idéias diferentes e lutassem de lados opostos. Ao final do conflito, a solução encontrada para apaziguar os ânimos foi a desmembração do território em duas partes, Virginia no lado leste, e West Virginia, do lado leste.

A ponte mostrada na imagem acima é um dos locais mais fotografados do estado, e está situada próximo à cidade de Fayetteville. É a ponte de aço com o maior arco do mundo, medindo mais de novecentos e vinte metros de extensão, e a segunda mais alta ponte do país, situada a duzentos e sessenta metros de altura. Ela é famosa não só por suas dimensões, mas também pelo evento que aqui acontece. Anualmente, no terceiro sábado do mês de outubro é comemorado o Bridge Day (dia da ponte), quando ela é fechada ao tráfego e acontecem desfiles, comemorações e saltos de body jumping a partir de sua pista.

Na imagem ao lado aparece o domo do State Capitol, e sua cúpula dourada. Praticamente toda capital estadual americana tem seu prédio nesse estilo, inspirados no Capitol de Washington, DC, os quais, por sua vez são todos influenciado pelo estilo arquitetônico do Panthéon de Paris. No entanto, o que diferencia o prédio de Charleston doas outros americanos é sua cúpula dourada, um requinte arquitetônico que lhe dá um acabamento diferenciado. Ele está localizado em frente ao rio Kanawha, a pouca distância do centro comercial da cidade.

Poucas pessoas caminhando pela calçadas, poucos carros nas ruas e pouco movimento, este é o resumo de Charleston, uma cidade onde parece que ninguém sai às ruas. Outras atrações locais são Capitol Hill Park, agradável parque situado no centro, e principalmente, a bela vista que se tem do rio que banha a cidade, e que pode ser observado caminhando-se pela avenida Kanawha.

 

Huntington, segunda maior cidade do estado, foi fundada no início do século dezenove. Está situada às margens do rio Ohio, e surgiu graças a um magnata das ferrovias que precisava de um ponto de ligação entre os dois extremos do país. Como este lugar estava na posição certa ele fundou aqui uma cidade. E sim, o nome desse magnata era Huntington. A cidade é pequena, mas mesmo assim tem seus atrativos, como o Ritter Park Roses Garden e Heritage Park, um centro histórico que conta com lojinhas, cafés e um antigo trem movido a vapor que em dias especiais faz passeios turísticos.

 

Na época em que visitamos West Virginia o Halloween estava se aproximando, e por essa razão o que mais se via, em praticamente todos lugares, eram abóboras, muitas ao estilo 'Lantern Jack', que é como os americanos chamam a abóbora fantasmagórica esvaziada com uma vela acesa dentro, tradicionalmente utilizada como decoração de jardins e gramados, durante a época do Halloween. Dois terços da população de West Virginia vivem em áreas rurais e fazem de West Virginia um dos líderes do país na produção de maçãs e abóboras.

 

Ao lado, imagem feita na entrada da Organ Cave, uma das inúmeras cavernas existentes nesta região. Ela está situada próximo a Pickway, quase divisa com estado de Virginia. Para chegar lá é preciso seguir a estrada 219, que inicia na I-64. Ao contrário de outras cavernas administradas por órgão oficiais, esta é gerenciada por uma família, e no lugar das tradicionais filas de turistas, nós fomos os únicos visitantes naquele momento.

Nosso guia foi Dennys, de vinte e dois anos, que contou ter largado a faculdade de economia para trabalhar em marcenaria, fazendo móveis de madeira com estilo personalizado. Nas horas vagas ganhava alguns trocados como guia da caverna, que conhece como a palma de sua mão. 

Ao longo do caminho Dennys contou detalhes sobre como este lugar era utilizado pelas tropas Confederadas (do exercito do sul) para extrair o salitre utilizado na fabricação para a pólvora de suas armas, falou também que alguns homens ficavam até três meses escavando o interior da caverna, sem nunca subir ou ver a luz do sol, e que a maioria contraía doenças pulmonares e acabava morrendo. No interior da Organ Cave existem stands, representando estes soldados escavando o salitre, com seus uniformes militares do século dezenove. 

 

Imagem de Quarrier Street, principal rua de Charleston, capital estadual. Eram dez horas da manhã de uma segunda feira, e como pode ser ver, não havia muito trânsito nem muita gente pelas calçadas. O prédio de telhados vermelhos, visível logo adiante, é sede da delegacia de polícia. Nos chamou atenção que, mesmo com poucos veículos circulando pelas ruas, um pequeno carro elétrico da polícia circulava por o tempo todo para lá e para cá, conferindo se os poucos carros estacionados nos parquímetros não estavam com o tempo vencido. Passamos uma noite num hotel Travelodge de Charleston, e uma manhã foi tempo mais do que suficiente para conhecermos toda a cidade.

Conta-se por aqui que um conhecido senador americano, Robert Byrd, disse certa vez que 'West Virginia é o estado mais sulista do norte e o mais nortista do sul e que se todas suas montanhas fossem aplainadas, o estado se estenderia desde o Texas até New York. Disse ainda que este é o lugar onde o leste dá bom dia para o oeste e onde Yankee Doodle (uma personagem símbolo do norte do país) e Dixie (personagem símbolo do sul) se dão boa noite ao deitar'. Sem dúvida, além de político, Byrd era um poeta. Mas descontando um certo exagero , o que se pode perceber em sua frase é que realmente a situação geográfica do estado faz com que ele funcione como uma ponte de transição entre partes diferentes do país, com características de ambos os lados.

Ao norte de West Virgina situa-se a região de Mountaneer Country, como o próprio nome indica, repleta de montanhas, vales e parques diversos com toda infraestrutura para acampar, como o Coopers Rock State Forest, ou o Pine Hill Campground. Já quem estiver no sul vai ficar conhecendo Greenbrier Valley, região recomendada para quem gosta de praticar esportes aquáticos, seja em água calmas ou em corredeiras. Em comum, as duas metades do estado apresentam sempre cenários verdes, matas, rios, ar puro, vida selvagem e poluição praticamente inexistente.

 

A imagem ao lado, mostrando um rio cortando matas e montanhas, é praticamente a síntese de West Virginia e de sua natureza. E para encontrar paisagens deste estilo por aqui não precisa procurar muito, bastando pegar uma estrada qualquer e seguir numa direção qualquer. Quem quiser um lugar onde a natureza é ainda mais especial, pode, por exemplo, visitar a região conhecida como Monongahela National Forest, à leste do estado, ou então siga simplesmente seguir pela estrada 219, que corta o estado de norte a sul e atravessa diversas regiões bonitas. Os nascidos aqui dizem, orgulhosamente, que 'West Virgina is almost Heaven', ou seja, o estado é quase um céu, expressão que foi utilizada por John Denver em sua canção que virou praticamente um hino estadual. O que nós achamos disso? Um pouco de exagero talvez, mas se existe um céu nos Estados Unidos, West Virgina é com certeza um forte candidato.

 

A música desta página é 'Take me Home, Country Roads', de John Denver. Para interromper sua execução pressione a tecla ESC.  

 

Almost heaven, West Virginia
Blue ridge mountains Shenandoah river
Life is old there older than the trees
Younger than the mountains growin like a breeze.
Country roads, take me home to the place I belong
West Virginia, mountain momma take me home, country roads.

 


Bandeira de West Virginia